Quinta-feira, Janeiro 20, 2022
Google search engine
InicioCinema Português'La Chute' do francês Boris Labbé vence 26º Curtas Vila do Conde

‘La Chute’ do francês Boris Labbé vence 26º Curtas Vila do Conde

A animação caleidiscópica e celestial La Chute, do francês Boris Labbé, cativou o júri do 26º Curtas de Vila do Conde que lhe atribuiu o grande prémio do festival, tal como o conto estival de David Pinheiro Vicente, Onde o Verão Vai (episódios da juventude), premiado na seção competitiva nacional.

Em ambos os casos, tratam-se de curtas com um percurso internacional relevante. No caso do último trabalho de Boris foi iniciado no festival de Cannes e exibido na Semana da Crítica, vencendo depois o prémio FIPRESCI, no festival de animação de Annecy, para além de prémios em outros festivais. Um pouco semelhante ao do filme de David Pinheiro Vicente, com a sua estreia mundial nas Berlinale Shorts do festival de Berlim, e ainda o reconhecimento no festival de Karlovy Vary, onde foi considerado um dos Future Frames da European Film Promotion.

O cítico britânico Laurence Boyce, a programadora francesa Aurélie Chesné e o realizador e autor israelita Nadav Lapid premiaram ainda Raymonde ou l’évasion verticale, de Sarah van den Boom, como  Melhor Animação, Madness, do português João Viana, considerado o Melhor Documentário. Já Fry Day, de Laura Moss, ganhou o prémio para Melhor Ficção. Por fim, o Prémio do Público, atribuído pelos espectadores, foi para Ce Magnifique Gâteau!, de Emma de Swaef e Marc James Roels.

 

Paulo Portugal
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments