Berlinale: Trio de portugueses atacam o Urso de Ouro das curtas

Russa, de João Salaviza

Diogo Costa Amarante vai ter dificultada a sua missão de júri no festival de Berlim já que terá de avaliar o trabalho de três realizadores lusos na competição Berlinale Shorts. São eles João Salaviza, com Russa, um filme em parceria com o brasileiro Ricardo Alves Jr, também João Viana, com Madness, e ainda David Pinheiro Vicente, com Onde o Verão Vai.

Registe-se que este é o regresso de João Salaviza a Berlim, depois de ali ter ganho o Urso de Ouro, em 2012, com Rafa. Russa é um projeto filmado no portuense bairro do Aleixo, desenvolvido durante uma residência artística na cidade. João Viana regressa igualmente à capital alemã depois de ter recebido em 2013 uma menção especial com a longa metragem A Batalha do Tabatô. Apresenta agora Madness, um trabalho realizado em Moçambique e na residência no Cinéfondation do festival de Cannes. Já David Pinheiro Vicente estreia-se em festivais internacionais com a curta Onde o Verão Vai (Episódios da Juventude), projeto realizado e produzido pela Escola Superior de Teatro e Cinema.

A 68ª edição do Festival de Berlim decorre de 15 a 25 de Fevereiro próximo e terá como o filme de abertura Ilha dos Cães, do realizador norte-americano Wes Anderson.

Sobre Paulo Portugal 494 artigos

Insider

Cinema, festivais, entrevistas e críticas.
E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*