Outubro 18, 2019
insider

KVIFF: Búlgaro ‘The Father’ vence 45ª Festival Karlovy Vary

O filme búlgaro The Father, dirigido pela dupla Kristina Grozeva and Petar Valchanov, relatando as dificuldade de comunicação num pungente drama familiar, carregado por situações absurdas e também cómicas, foi o grande vencedor da 54ª edição do Karlovy Vary Interntional Film, recebendo o Globo de Cristal para o melhor da Seleção Oficial em Competição. Foi essa a decisão do júri internacional composto por Štěpán Hulík, Annemarie Jacir, Sergei Loznitsa, Angeliki Papoulia e ainda Charles Tesson.

Jan-Ole Gerster

O drama alemão Lara, de Jan-Ole Gerster, um dos preferidos da imprensa internacional, recebeu uma menção honrosa, bem como o prémio de interpretação feminina para a atriz Corrina Harfouch, no papel de uma mãe autoritária, ela que já recebera a mesmo prémio na edição de 1988. No plano masculino, o prémio foi entregue ao ator checo Milan Ondrík pelo trabalho desenvenvolvido em Let There Be Light de Marko Škop, sobre a história de um trabalhador que regressa da Alemanha para o Natal percebendo que o filho, membro de uma organização paramilitar, poderá estar envolvido num acontecimento que destroçou a comunidade.

O prémio de realização foi para o belga Tim Mielants na tragicomédia que se desenrola num parque de nudistas em Patrick.

O júri concedeu ainda duas Menções Especiais: uma para a produção espanhola La Virgen de Agosto, de Jonás Trueba, e outra para a promissora atriz Antonia Giesen pelo seu trabalho no filme The Man of the Future, do chileno Felipe Riós.

A competição East of the West premiou o filme russo The Bull, pelo ex-bailarino Boris Akopov. O Prémio Especial do Júri foi para o road movie ucraniano My Thoughts are Silent e a distinção para o Melhor Documentário foi entregue a Ksenia Okhapkina Immortal, um relato sobre a vida numa pequena cidade industrial russa gerida com mão de ferro.

Foi ainda atribuído um Pprémio Especial do Júri para Confucian Dream, a história de uma mãe chinesa à procura da melhor forma de educação para o seu filho. O prémio do público para o melhor documentário foi atribuído a Jiří Suchý – Tackling Life with Ease.

Patricia Clarkson

No início do festival as atrizes americanas Julianne Moore e Patricia Clarkson receberam um prémio de Contribuição Artística para o Cinema do Mundo.

Sobre Paulo Portugal 798 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics