Sábado, Dezembro 3, 2022
InícioFestivaisAngela Davis entre Stephen Frears, Alexandre Sokurov e outros notáveis no LEFFEST

Angela Davis entre Stephen Frears, Alexandre Sokurov e outros notáveis no LEFFEST

É já conhecida a programação do Lisbon & Sintra Film Festival, o festival dirigido por Paulo Branco, cuja 16ª edição se desenrola de 10 a 20 de Novembro.

Vamos aos notáveis? Como sempre, são muitos, e como sempre também, alguns regressos de amigos do festival. Como David Cronenberg ou Abel Ferrara, por exemplo. Mas também teremos a presença em Sintra e Lisboa do britânico Stephen Frears, o polaco Jerzy Skolimovski, embora talvez o mais notável seja mesmo o russo Alexandre Sokurov. Será? É que talvez a presença da famosa activista e filósofa americana Angela Davis se revele, afinal de contas, como o elemento com maior relevo num festival que também foi sempre mais do que cinema.

E os filmes? Cronenberg apresentará Crimes os the Future, fora de competição, tal como Jerzy Skolimovski, com EO, e Stephen Frears com The Lost King. No entanto, o júri da secção competitiva (composto por Olivier Assayas, Julie Dash, Joana Robeiro e Rudy Ricciotti) terá para avaliação entre os 11 filmes obras de autores que dispensam apresentações. Como o caso do americano Abel Ferrara, com Padre Pio, o italiano Mario Martone, com Nostalgia e Sokurov com Fairy Tale. Bem como, devemos sublinhá-lo, o português Carlos Conceição, com Nação Valente, e ainda Vahid Jalivand, com Beyond the Wall.

Ainda na Selecção Oficial fora de Competição, incluem-se ainda obras relevantes que fizeram montra em diversos festivais internacionais. Além de Crimes of the Future, o filme de abertura, de Cronenberg, com quem estivemos em San Sebastian, ele que falará em Lisboa sobre o seu cinema. Igualmente muito esperado será ver o vencedor do Leão de Ouro em Veneza, All the Beauty and the Bloodshed, de Laura Poitras, com a particularidade, como informa o festival, da cineasta se ter encontrado com a artista Nan Goldin, precisamente na edição do LEFFEST de 2014. Presentes a acompanhar os seus filmes estarão Stephen Frears, bem como Jerzy Skolimowski (EO venceu o prémio do Júri em Cannes), bem como James Gray, com Armageddon Time, White Noise, de Noah Baumbach, numa adaptação Don DeLillo, outro habitué do festival. Além dos novos filmes de Park Chan Wook, Decision to Leave, e Koreeda, com Broker.

A hora de Angela Davis. Nova inconfundível da luta pelos direitos humanos nos EUA, esta ex-Black Panther, estará a acompanhar a retrospectiva dos filmes do movimento L.A: Rebellion, empenhado na luta das comunidades afro-americanas, bem como o programa Romper as Grades. Em Lisboa estará acompanhada por Charles Burnett, Billy Woodberry, Julie Dash, Ben Caldwell e Haile Gerima, que participarão em debates além de acompanharem os filmes.

Quanto às habituais retrospectivas, este ano o autor em destaque será o português Sérgio Tréfaut, com exibição da sua obra completa, com destaque natural para o seu filme mais recente, A Noiva, recentemente exibido no festival de Veneza. Haverá ainda um espaço dedicado ao actor Jim Carrey, intitulado Jim Carrey: Mito ou Realidade?, permitindo debater a questão gerada após a declaração do actor em abandonar a sua carreira.

A vasta programação inclui ainda espectáculos, teatro, concertos e dança, em diversos espaços de Lisboa e Sintra, bem como workshops com diversas personalidades.

Pode consultar aqui toda a programação.

Paulo Portugal
Paulo Portugal
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments