Segunda-feira, Outubro 3, 2022
Google search engine
InícioFestivaisBerlimClaire Denis, Ulrich Seidl e Hong Sang-soo competem ao Urso de Ouro

Claire Denis, Ulrich Seidl e Hong Sang-soo competem ao Urso de Ouro

A Berlinale acaba de revelar a programação da 72ª edição que decorre de 10 a 20 de Fevereiro, embora este ano numa versão mais compacta, devido às condicionantes da pandemia, ainda assim com público, mas com a cerimónia de entrega de prémios no dia 16, sendo os últimos três dias dedicados ao público com sessões de repetição. Entre os 18 filmes candidatos a concurso para o Urso de Ouro destacam obras de autores consagrados, como a francesa Claire Denis, o coreano Hong Sang-soo, o austríaco Ulrich Seid ou o documentarista cambodjano Rithy Panh, que se juntam a François Ozon, que abrirá o certame com Peter Van Kant.

Peter von Kant, de François Ozon

Esta será uma estreia absoluta na competição no caso de Denis, com Avec amor et acharnement (Both Sides of the Blade), defendido por Juliette Binoche e Vincent Lindon, mas apenas um saudoso regresso no caso do cineasta sul-coreano, vencedor do Urso de Prata, em 2020, para a realização de The Woman Who Ran, desta vez apresentando The Novelist’s Film. Quem também regressa à competição é Rithy Panh, depois de também ter estado presente in 2020 com Irradiated. Apresenta-se agora com a mensagem promissora Everything Will Be Ok. Refira-se ainda um novo regresso a Berlim, o de habitual Denis Cotê, desta feita com Un été comme ça, um ano depois de Hygiène Sociale ter sido exibido na secção Encontros.

É nesta secção destinada a descobertas “que não consideram o cinema como uma arte predefinida”, na definição proposta pelo director Carlo Chatrian, que se destacam as presenças de Bertrand Bonello (Coma), Peter Strickland (Flux Gourmet). Bem como ainda um Jean-Luc Godard no filme À vendredi, Robinson, da iraniana Mitra Farahani.

Diferentes gerações de lusitanos em Berlim

No que à presença lusitana diz respeito, a Berlinale mostra em estar em sintonia com o cinema que se vai fazendo no nosso país, ao selecionar os trabalhos de diversos cineastas lusitanos em diferentes secções. Desde logo, com o acompanhamento de nomes consagrados, como Rita Azevedo Gomes, que deslumbrou Berlim em 2019 com o cinema intemporal de A Portuguesa, agora no Fórum com O trio em mi bemol, numa fita protagonizada por Rita Durão. Na mesma secção surgem ainda Mato seco em chamas, de Joana Pimenta em co-realização com o brasileiro Adirley Queirós, ou ainda Terra que marca, de Raul Domingues, que se juntam a Super Natural, de Jorge Jácome, previamente anunciado no Fórum.

Pedro Cabeleira, By Flávio

Tal como a curta de Pedro CabeleiraBy Flávio, que irá competir na Berlinale Shorts, por exemplo, com o filme de Radu Jude, Memories from the Eastern Front, como se sabe, o vencedor do Urso de Ouro, o ano passado, com Bad Luck Banging or Loony Porn. Andrés Jurado apresenta ainda a curta Yarokamena, no Fórum Expanded, ao passo que Inês T. Alves estreia-se com Juunt Pastaza entsari, na secção Generation, onde é acompanhada pela curta de Carlos LoboAos Dezasseis, nas curtas Generation, e ainda Nada Para Ver Aqui, de Nicolas Bouchez, numa co-produção entre Portugal, Bélgica e Hungria.

A esta robusta delegação lusa temos de referir ainda a seleção da crítica e programadora Susana Bessa para integrar a secção Berlinale Talents, que cumpre este ano a 20ª edição. Bem como à presença do actor João Nunes Monteiro, integrado na seleção dos Shooting Stars, o programa anual promovido pela European Film Promotion.

Seguramente a consagrar um bom momento da sua carreira, com os filmes Aristides de Sousa Mendes, de Francisco Manso, e ainda, Mosquito, de João Nuno Pinto, tendo recebido o Prémio Sophia de Melhor Actor, bem como a sua performance em Os Diários de Otsoga, de Miguel Gomes e Marueen Fazendeiro, apresentado este ano na Quinzena dos Realizadores em Cannes.

 

Seleção Oficial Competitiva – Urso de Ouro

E I O U – Das schnelle Alphabet der Liebe (A E I O U – A Quick Alphabet of Love) – Nicolette Krebitz
Alcarràs – Carla Simón
Avec amour et acharnement (Both Sides of the Blade) – Claire Denis
Rimini – Ulrich Seidl
Call Jane -Phyllis Nagy
Drii Winter (A Piece of Sky) – Michael Koch
Everything Will Be Ok – Rithy Panh
La ligne (The Line) – Ursula Meier
Leonora addio – Paolo Taviani
Les passagers de la nuit (The Passengers of the Night) – Mikhaël Hers
Nana (Before, Now & Then) – Kamila Andini
Peter von Kant – François Ozon
Rabiye Kurnaz gegen George W. Bush (Rabiye Kurnaz vs. George W. Bush) – Andreas Dresen
Robe of Gems – Natalia López Gallardo
So-seol-ga-ui Yeong-hwa (The Novelist’s Film) -Hong Sangsoo
Un año, una noche (One Year, One Night) – Isaki Lacuesta
Un été comme ça (That Kind of Summer) – Denis Côté
Yin Ru Chen Yan (Return to Dust) – Li Ruijun

Paulo Portugal
Paulo Portugal
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments