Sábado, Janeiro 22, 2022
Google search engine
InicioClássicosCinemateca: Iluminados pelo esplendor de Simone Signoret

Cinemateca: Iluminados pelo esplendor de Simone Signoret

De Casque D’Or a Thérèse Raquin

Ontem foi dia de ser iluminado pelo esplendor de Simone Signoret. Foi na Cinemateca que aceitei uma espécie de double bill, um programa duplo em que me comprometeria acompanhar dois dos seus destinos amorosos. Primeiro em ‘Therese Raquin’, do Marcel Carné, de 1953, e sobretudo depois, a rever o filme anterior, o magnífico ‘Casque D’or’, do Jacques Becker, de 1952. Uma cedência total à sedução do halo que irradiava em redor, combinando numa viagem de sons, música e dança. Dois exemplos maiores sobre a tremenda força do cinema francês, bem como a força das estrelas que soube promover, mesmo naquilo que já havia para mudar, e mudaria uns anos depois naquela nova vaga.

Casque d’Or

Pode seguir aqui o programa das Cinemateca. Em particular o ciclo dedicado a Allan Dwan e o Signoret/Montand, além de outras propostas.

Paulo Portugal
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments