Dezembro 17, 2018

‘Cabaret Maxime’, ‘Terra Franca’ e ‘Até que o Porno nos Separe’ vencem XXIV Caminhos do Cinema Português

Cabaret Maxime

Anteu, de João Vladimiro, vence Melhor Curta

Valerie Bradell, em Maria, Fernando Rodrigues, em Por Tua Testemunha, vencem categoria de representação

Cabaret Maxime, de Bruno de Almeida, foi o vencedor do Grande Prémio dos Caminhos do Cinema Português. O realizador recebeu ainda o prémio de Melhor Realização.

Terra Bruta, de Leonor Teles vence prémio de melhor ficção
Terra Bruta, de Leonor Teles

Terra Bruta, de Leonor Teles, recebeu a distinção de Melhor Longa de Ficção e Até Que o Porno nos Separe, de Jorge Pelicano, a de Melhor Documentário.

Até Que o Porno nos Separe, de Jorge Pelicano

Quando a curtas metragens, foi o trabalho de João Vladimiro, Anteu a receber a preferência. Foi esta a escolha do júri da Secção Caminhos, a mais importante do festival.

Anteu, de João Vladimiro
Anteu, de João Vladimiro

Foi um belo festival num ano de excelência para o cinema português

A XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português decorreu de 24 de novembro a 1 de dezembro, em Coimbra e contou com uma cobertura permanente do insider.pt, na qualidade de parceiro media.

 

Aqui fica então o palmarés da XXIV edição dos Caminhos do Cinema Português:

Juri FICC: 

Prémio Menção Honrosa

Catarina Neves Ricci, “Maria, de Catarina Neves Ricci” (UKBAR Filmes)

Prémio D.Quijote

Leonor Teles, com o filme “Terra Franca, de Leonor Teles”, Produtora Uma Pedra no Sapato

                

Juri Caminhos:

Prémio Revelação

Mónica Chen, “Califórnia” – Produtor Nuno Baltazar

Melhor Comunicação e Promoção IVITY CORP 

João Vladimiro, “Anteu, de João Vladimiro” – Produtora Terratreme Filmes

Melhor Banda Sonora Original

Manuel João Vieira, “Cabaret Maxime, de Bruno de Almeida” – Produtora BaFilmes, Lda

Prémio Melhor Argumento adaptado

João Pupo, “Por sua testemunha” – Produtora Terratreme Fulmes

Melhor Argumento Original

Eugéne Green, “Como Fernando Pessoa Salvou Portugal” – Produtora O Som e A fúria

Melhor Som

Artur Cyaneto, Emilio Alicante, “Caminhos Magnétykos, de Edgar Pêra” – Produtora Bando a Parte

Melhor Montagem

Marco Amaral e João Braz, “3 anos depois, de Marco Amaral” – Produtora UKBAR Filmes

Melhor Caracterização 

Catarina Santiago “A Estranha Casa na Bruma, de Guilherme Daniel” – Produtora Suspicio Filmes

Melhor Realizador

Bruno de Almeida “Cabaret Maxime, de Bruno de Almeida” – Produtora BaFilmes, Lda.

Melhor Guarda Roupa

Patricia Doria “Aparição, de Fernando Vendrell” – Produtora David e Golias

Melhor Direção Fotografia 

João Ribeiro AIP, A Árvore, de Andre Gil Mata – Produtora CRIM

Melhor Direção Artistica

João Torres, “Cabaret Maxime de Bruno de Almeida” – Produtora BaFilmes, Lda

Melhor Atriz Secundária 

Rita Martins, “Aparição” – Produtora David e Golias

Menção Honrosa

Grace Passô, “Praça Paris” – Produtora Fado Filmes / CEAA Audiovisual / Taiga Filmes

Melhor Atriz 

Valerie Bradell, “Maria”, de Catarina Neves Ricci – Produtora UKBAR Filmes

Melhor Ator Secundário 

John Wentinmiglia, “Cabaret Maxime” – Produtora BaFilmes, Lda

Melhor Ator

Fernando Rodrigues, “Por Tua Testemunha”, de João Pupo, – Produtora Terratreme Filmes

Melhor Animação

Mónica Santos/Alice Guimarães, “Entre Sombras” – Produtora Animais AVPL / Vivement Iundi! / Um Segundo Filmes

Melhor Documentário

Jorge Pelicano, Até Que o Porno Nos Separe – Produtora Até Ao Fim do Mundo

Melhor Curta

João Vladimiro, “Anteu” – Produtora TerraTreme Filmes

Melhor Longa Metragem de Ficção Europcar

Leonor Teles, “Terra Franca” – Produtora Uma Pedra no sapato

Grande Prémio

Bruno de Almeida, Cabaret Maxime – Produtora BaFilmes, Lda

                

Júri Ensaios:

Menção honrosa

Don Senoc, Instituto de Cinema da Universidade das Filipinas, “In Between Spaces” – Instituto de Cinema da Universidade das Filipinas

Ensaio Internacional

Leonardo Martinelli, Universidade Estácio de Sá, “Vidas Cinza, de Leonardo Martinelli” – Universidade Estácio de Sá

Menção Honrosa 

Isabel Gomes, Colégio das Artes da Universidade de Coimbra, “Manuel Casimiro – Pintar a Ideia, de Isabel Gomes” – Produtora MUI CONCEPT / Colégio das Artes UC

Ensaio Nacional

José Caetano, Universidade Beira Interior, “Um Marco no Futebol, de José Caetano” – UBI

 

Júri Imprensa:

Menção Honrosa do Júri de Imprensa CISION

MÓNICA SANTOS; Nuno Amorim, “Entre Sombras” – Produtora Animais AVPL / Vivement Iundi! / Um Segundo Filmes

Prémio de Imprensa CISION

Paulo Carneiro, “Bostofrio, oú le ciel rejoint la terre” – Produtora Paulo Carneiro / Red Desert

Sobre Paulo Portugal 693 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics