Novembro 17, 2019
insider

CCP: estreia de Pedro Florêncio no ‘call center’ do 112 em “Turno do Dia”

As sessões de cinema dos Caminhos do Cinema Português, em Coimbra, iniciaram com o quotidiano agitado, complexo e por vezes angustiante de quem tenta encaminhar o socorro a quem dele mais precisa. Num exercício igualmente complexo e arriscado, Pedro Florêncio pegou na câmara, fez o som e montou os registos dos diversos operadores do INEM que vão atendendo os pedidos do 112 no documental Turno do Dia, exibido recentemente no DocLisboa.

Talvez uma das mais relevantes conclusões a tirar desde filme é que no final das quase duas horas de duração compreendemos melhor a função de quem tenta ajudar aqueles que ligam em desespero. Ao longo de várias sessões com diferentes operadores, percebe-se o procedimento rígido de recolher informações vitais de modo a identificar o local da vítima, os seus sinais vitais ou o mais adequado comportamrnto em cada situação. Mesmo que frequentemente os técnicos se vejam forçados a invocar toda a paciência para lidar com o stress do outro lado da linha, por vezes a falta de educação ou mesmo o insulto.

Sauda-se esse esforço que seguramente poderia dar um documentário melhor do que aquele que vimos. Como se parte da agitação vivida naquela sala de operações acabasse por transparecer para uma montagem que se fosse mais cuidada entregaria também uma melhor narrativa.

Sobre Paulo Portugal 809 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics