Agosto 15, 2018

Advogados de Weinstein acreditam que as investigações irão inocentá-lo

O Produtor, que foi demitido de sua própria empresa e expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, agora enfrenta uma investigação criminal pelo estado de Nova Iorque.

_

O Procurador Geral do estado de Nova Iorque, Eric Schneiderman, acusou formalmente neste domingo o produtor Harvey Weinstein e a empresa fundada por ele, Weinstein Co..

A investigação revela que a empresa “feriu as leis do estado de Nova Iorque ao não assegurar a proteção de seus empregados da difusão do assédio sexual, intimidação e discriminação”. O produtor em si também responde pelos casos de assédio sexual.

Um advogado da equipa de Weinstein acredita que uma “investigação justa mostrará que todas as alegações contra Harvey Weinstein são sem mérito”.

Devido aos muitos rumores da venda e/ou mudança de nome da empresa, o estado também reitera que qualquer transação financeira tem que assegurar a compensação financeira das vítimas e que seus funcionários devem ser protegidos.

Resultado de imagem para Harvey Weinstein

Harvey Weinsten (Associated Press)

Continue a acompanhar o “Caso Weinstein” aqui no insider.pt!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics