Outubro 16, 2018

Roterdão: o filme chinês ‘The Widowed Witch’, de Cai Chengjie, venceu o Tigre Hivos

São já conhecidos os vencedores do IFFR 2018. O chinês The Widowed Witch, do estreante Cai Chengjie, foi o grande vencedor do Tigre Hivos. Rami Alayan recebeu o Prémio Especial do Júri pelo desenvolvimento artístico excepcional do guião de The Reports on Sarah and Saleem. Já The Guilty, Gustav Möller, recebeu o prémio do público. Por fim, o prémio The Bright Future foi para o brasileiro Tiago Melo por Azougue Nazaré.

Isto significa também que ficaram arredados dos prémios, tanto Tempo Comum, de Susana Nobre, e Djon África, de Filipa Reis e João Miller Guerra, os dois filmes presentes nas secções competitivas do festival.

Segundo o júri, “este ano, o Hivos Tiger Award foi para um filme de dimensões épicas”, cocolocando um “ponto de vista feminino num papel central robusto, que recusa ser uma vítima”. Portanto, um filme com um ponto de vista que comunga com o recente empoderamento feminino.

Sobre Paulo Portugal 673 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics