Dezembro 10, 2018

Cinemateca Francesa desvenda obra de Paulo Rocha

De 10 de janeiro a 1 de fevereiro, a Cinemateca Francesa dá a conhecer todo o trabalho do realizador português Paulo Rocha. A retrospectiva abre com o seu primeiro filme Os Verdes Anos, de 1963.

A Cinemateca Francesa, em Paris, inicia a mostra da obra integral de Paulo Rocha com a exibição de Os Verdes Anos, considerado um dos filmes inaugurais do Cinema Novo Português e que será apresentado pelo diretor da Cinemateca Portuguesa, José Manuel Costa.

Para o diretor-geral da Cinemateca Francesa, Frédéric Bonnaud, esta é uma oportunidade para “os cinéfilos parisienses descobrirem ou redescobrirem um cineasta extremamente singular, irredutivel à influência dos outros, cujos filmes mostram a erupção do desejo e da estranheza no quotidano que é só de Paulo Rocha”.

Frédéric Bonnaud afirma ainda que o realizador ocupa “um lugar importante na história do cinema do século XX, à imagem do lugar que tiveram outros grandes cineastas portugueses”, porque “Portugal fabrica um cinema de protótipos e um cinema de artistas”.

O ciclo é organizado em parceria com a Cinemateca Portuguesa, à qual Paulo Rocha deixou, em testamento, toda a obra e património cinematográfico.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics