Setembro 20, 2018

Curta-metragem portuguesa compete no Festival de Roterdão

A curta-metragem ‘Miragem Meus Putos’, de Diogo Baldaia, foi seleccionada para a competição da 47.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Roterdão.

Esta será a estreia internacional deste filme depois de ter vencido, em maio do ano passado, o prémio de melhor curta-metragem portuguesa do 14.º IndieLisboa – Festival de Cinema Independente.

Noutras secções não competitivas do festival dedicadas às curtas, serão exibidas Sunstone da portuguesa Filipa César e do britânico Louis Henderson e Tudo o Que Imagino de Leonor Noivo.

Quanto às longas-metragens estarão presentes os filmes portugueses A Fábrica de Nada, de Pedro Pinho, Tempo Comum, de Susana Nobre e Fátima, de João Canijo. Este será um regresso de João Canijo ao Festival de Roterdão, trinta anos depois de aí ter apresentado Três Menos Eu, de 1988.

Nesta edição do festival juntam-se ainda três coproduções portuguesas: O Capitão de Robert Schwentke, Milla, de Valérie Massadian e Zama, de Lucrecia Martel.

A 47.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Roterdão decorrerá de 24 de janeiro a 4 de fevereiro e a programação completa será apresentada a 17 de janeiro.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics