Dezembro 9, 2019
insider

Prémios do Cinema Europeu: eram os nomeados aguardados

São já conhecidos os nomeados para a 30ª edição dos prémios do Cinema Europeu, que se realizam em Berlim no próximo dia 9 de dezembro. Na lista da Academia do Cinema Europeu, conhecida durante o Festival de Sevilha, os filmes ON BODY AND SOUL (Teströl és lélekröl), o drama romântico da húngara Ildikó Enyedi, vencedor do Urso de Ouro de Berlim, e Quadrado (THE SQUARE), a sátira social de Ruben Östlund’s, vencedor da Palma de Ouro de Cannes, cada uma com quatro nomeações: Melhor Filme European, realizador e argumentista, bem como as atrizes Alexandra Borbély de De Corpo e Alma e o actor Claes Bang para O Quadrado.

Para além destes, com três nomeações, temos Loveless LOVELESS (Nelyubov) (НЕЛЮБОВЬ) o drama de Andrey Zvyagintsev, selecionado para Melhro Filme Europeu, para além da categoria de Realizador e ainda para o argumentista Oleg Negin. O realizador grego Yorgos Lanthimos está também nomeado pelo drama familiar surreal THE KILLING OF A SACRED DEER , bem como na co autoria do guião com Efthimis Filippou. O ator Colin Farrell está igualmente nomeado para a representação masculina.

O drama de refugiados do realizador finlandês Aki Kaurismäki THE OTHER SIDE OF HOPE (Toivon tuolla puolen) vem nomeado para Melhor Filme e Realização. Por fim, está igualmente nomeado o drama de SIDA de Robin Campillo 120 Batimentos por Minuto BPM (BEATS PER MINUTE) (120 battements par minute), bem como o actor Nahuel Pérez Biscayart.

Já François Ozon vem nomeado como argumentista do drama FRANTZ, ao passo que a atriz Paula Beer foo nomeada para a categoria de interpretação feminina. A dupla Isabelle Huppert e Jean-Louis Trintignant foi nomeada pela sua prestação no drama familiar de Michael Haneke HAPPY END. Nomeações ainda para Juliette Binoche na comédia romântica de Claire Denis BRIGHT SUNSHINE IN (Un beau soleil intérieur) e para Florence Pugh, a protagonista de LADY MACBETH, de William Oldroyd, e ainda o actor Josef Hader no biopic de Maria Schrader STEFAN ZWEIG – FAREWELL TO EUROPE (Vor der Morgenröte).

Finalmente, na categoria de documentário estão ainda selecionados AUSTERLITZ de Sergei Loznitsa (Alemanha); COMMUNION (Komunia) de Anna Zamecka (Polónia); LA CHANA de Lucija Stojevic (Espanha, Islândia e EUA); STRANGER IN PARADISE de Guido Hendrikx (Holanda) e THE GOOD POSTMAN de Tonislav Hristov (Finlândia, Bulgária).

Sobre Paulo Portugal 817 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics