Outubro 28, 2020

Weinstein: Tarantino assume que podia ter feito mais

Na mais recente notícia sobre Harvey Weinstein que o The Hollywood Reporter vai publicando com inusitada regularidade, Quantin Tarantino assume que sabia de várias histórias sobre o famoso produtor e reconhece que sabia o suficiente para poder ter feito mais do que fiz.

Este é apenas a mais recente contribuição sobre as implicações de abuso sexual do “ogre de Hollywood”, em que o realizador de Pulp Fiction, produzido pela Miramax, vencedor da Palma de Ouro em Cannes, em 1994, assume a sua quota parte de culpa por não ter feito o que podia e devia.

Até porque revelou, ao Times que Mira Sorvino, a sua namorada na altura, e uma das que acusam agora o produtor, fora alvo de avanços inapropriados por parte de Weinstein. Algo que, na altura, acabou por relativizar por considerar que se trata de um caso isolado.

 

Sobre Paulo Portugal 874 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics