Fevereiro 21, 2020
insider

CineEco: Alterações climáticas e a instabilidade global

Seleção competitiva CineEco

A Idade das Consequências (The Age of Consequences)

De Jared P. Scott (Competição)

Na descrição do filme no catálogo do festival, admite-se uma comparação deste filme de Jared P. Scott entre Estado de Guerra, de Kathryn Bigelow (2010) com Uma Verdade Inconveniente (2006), o famoso documentário sobre as conferências de Al Gore, para explicar como as alterações climáticas e geopolíticas do presente estão diretamente relacionadas com a instabilidade global, seja em crises militares, migrações ou terrorismo.

Neste eficaz e intenso documento, presente na secção competitiva de longas internacionais, procura demonstrar-se como as alterações climáticas, por exemplo, a escassez da água, acaba por estar relacionada com uma modificação de comportamentos muitas vezes geradora de zonas de instabilidade, potencialmente criadoras de conflitos em estados falhados. Os exemplos são demasiado conhecidos, como a Somália em 1993, ou o Darfour em 2003, e a Síria mais recentemente, inevitavelmente ligadas às consequências de blocos armados e fações de grupos terroristas.

Só é pena que o formato adoptado, algures entre a reportagem e o documentário, com demasiados intervenientes (as talking heads) revele algum desgaste, por alguma razão serão até referidos outros filmes como referências. No fundo, uma variante de um problema já existente, aqui com um foco ligeiramente diferente. Ainda assim, muito eficaz na sua estrutura.

 

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL LONGAS
FEATURE FILMS INTERNATIONAL COMPETITION

Coros do Anoitecer
(Dusk Chorus)

de Nika Saravanja e Alessandro D’Emilia, com David Monarch, (Itália), 2016, 75’

Ondas Brancas
(White Waves)

de Inka Reichert (Espanha), 2016, 83’

Rio Azul: Pode a Moda Salvar o Planeta?
(Riverblue: Can Fashion Save the Planet?)

de David McIlvride, Roger Williams (Canadá), 2016, 95’

Os Burros Mortos Não Temem Hienas
(Dead Donkeys Fear No Hyenas)

de Joakim Demmer (Alemanha), 2017, 80’

O Poder de Amanhã
(Tomorrow’s Power)

de Amy Miller, (Canadá), 2017, 76′

Como Deixar o Mundo Seguir em Frente e Amar Todas as Coisas que o Clima não Pode Mudar?
(How to Let Go of the World and Love All The Things Climate Can’t Change?)

de Josh Fox, (EUA), 2016, 127’

A Idade das Consequências
(The Age of Consequences)

de Jared P. Scott, (EUA), 2016, 80’

Perseguindo Corais
(Chasing Corals)

de Jeff Orlowski (EUA), 2017, 93’

Nahui Ollin – Sol em Movimento
(Nahui Ollin – Sol de Movimiento)

de Antonino Isordia, Teresa Camou, Carlos Armella, Sergio Blanco, Michelle Ibaven, Roberto Olivares, Eleonora Isunza Gutierrez e Gustavo M. Ballesté. (México), 2017, 68’

  • Classificação
Sobre Paulo Portugal 840 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics