Outubro 25, 2020

Academia de Hollywood diz adeus a Harvey Weistein

O pesadelo de Harvey Weinstein não aprece terminar. No final de uma semana horribilis, eis que a Academia de Hollywood dá um golpe de morte ao anular a sua inscrição de membro, alegando que o famoso produtor acusado dos múltiplos casos de abuso sexual que têm vindo a lume “não merece o respeito dos seus colegas”.

Segundo o The Hollywood Reporter, o orgão tem acompanhado o caso com sucessivas notícias, confirma isso mesmo na sua edição online, após uma reunião de emergência dos governadores da Academia, onde se contam os nomes de Steven Spielberg, Tim Hanks ou Whoopi Goldberg.

Não deixa de ser um duro golpe, sobretudo se pensarmos que Harvey era o cérebro por detrás da Miramax e da The Weinstein Company, companhias responsáveis por mais de três centenas de nomeações para os Óscares e cinco vitórias na categoria de Melhor Filme. O próprio Harvey Weinstein recebeu pessoalmente o Óscar de A Paixão de Shakespeare, em 1999, na qualidade de produtor.

Sobre Paulo Portugal 874 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics