Outubro 29, 2020

Chastain: “O retrato das mulheres nos filmes em Cannes é perturbador”

Jessica Chastain, em Cannes

Jessica Chastain, membro do júri do Festival de Cannes, fez os seus comentários na conferência de imprensa do encerramento do evento. Para ela, “foi bastante perturbador”.

“Eu adoro filmes, e esta é a primeira vez que vejo 20 filmes em 10 dias. A única coisa que tirei desta experiência foi como o mundo vê as personagens femininas representadas. “disse ela. “Foi bastante perturbador para mim, para ser honesta – com algumas excepções”.

O Festival de Cannes tem recebido muitas críticas quanto ao seu tratamento de cineastas. Em 70 anos de história do festival, apenas uma realizadora, Jane Campion, ganhou a Palma de Ouro – um dado que a própria Campion recentemente descreveu como “insano”.

Entretanto, neste ano, em sua 70ª edição, o Festival premiou duas mulheres, Lynne Ramsay, para Melhor Argumento, com You Were Never Really Here, e Sofia Coppola, para Melhor Realizador(a), com The Beguiled. Para Melhor Realizador(a), Coppola foi a segunda mulher a ganhá-lo, depois de Yuliya Solntseva em 1961.

“Espero que, quando incluamos contadores de histórias femininas, serão mais como as mulheres que conheço no meu dia-a-dia. Elas são pró-activas, têm o seu próprio ponto de vista e não apenas reagem aos homens que os cercam”, Chastain ainda acrescentou.

Cannes não foi a primeira vez em que a actriz falou sobre a desigualdade de género no cinema. Em uma entrevista ao site The Guardian no início deste ano, Jessica Chastain fez a sua queixa sobre a ausência de revisoras no cinema.

“Os críticos são aqueles que sugerem a uma audiência quais histórias valem ou não valem a pena. Quando 90% dos críticos de cinema são homens, talvez não haja capacidade de revisar um filme do ponto de vista neutro em termos de género, e nós precisamos perceber que é necessário mais críticas femininas, para que mulheres e homens saibam que as histórias sobre as mulheres são tão interessantes quanto as histórias sobre os homens. ” disse Chastain.

 

Sobre Ana de Oliveira 36 artigos
Escritora, poeta, jornalista e mais uma data de coisas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics