Novembro 14, 2019
insider

Diogo Costa Amarante e Gabriel Abrantes premiados na Roménia

Começam a ser comuns as notícias do mais jovem cinema luso premiado em festivais internacionais. Desta vez, as novas chegam do Festival Internacional de Cinema Experimental de Bucareste, que decorreu de 28 de março a 2 de abril, com duas curtas a deixarem marca no palmares da 7ª edição. Trata-se de Cidade Pequena, de Diogo Costa Amarantes, vencedora do Prémio de Melhor Realizador,  ao passo que A Brief History of Princess X, de Gabriel Abrantes, obteve a Menção Especial do Júri.

Depois de vencer o Urso de Ouro em Berlim, Diogo Costa Amarante deslumbra a plateia romena com o seu filme em que a sua própria irmã e o sobrinho Francisco testemunham as descobertas próprias da infância. Na menção ao filme, destacou-se a ousadia de Diogo Costa Amarante em “abordar as questões da morte e da consciência partindo da relação entre mãe e filho. Criando um frágil equilíbrio entre o pensamento filosófico e a emocionalidade contida, o cineasta deixa espaço para suas próprias imagens e percepção”.

Já em A Brief History of Princess X, “um retrato delirante da escultura Princess X, de Constantin Brancusi, uma controversa escultura em bronze, que começou como um busto da igualmente controversa sobrinha bisneta de Napoleão, Marie Bonaparte”, o júri internacional enalteceu a capacidade de Gabriel Abrantes em “condensar uma profunda parábola artística e social numa narrativa construída com precisão, que consegue combinar a seriedade da história com uma abordagem humorística”.

Ambos os filmes foram produzidos pela Agência da Curta Metragem

 

Sobre Paulo Portugal 809 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics