Novembro 23, 2019
insider

Mamoru Hosoda e Shunji Iwai: dois ícones no Festival de Tóquio

 Como vem sendo prática nos últimos anos, o Festival de Tóquio aproveitou a montra do Festival de Cannes para juntar alguns convidados e amigos num evento de networking, onde, naturalmente, não faltou o melhor da gastronomia nipónica. Yashushi Shiina, há quatro anos presidente do TIFF, teve uma palavra individual para cada conviva e chamou a atenção para s novidades da 29ª edição que decorre de 25 de Outubro a 3 de Novembro. 

Momoru Hosoda

shunji iwai

 Desde logo, destaca-se a presença de Mamoru Hosoda e Shunji Iwai, dois cineastas-chave da nova animação japonesa. Bem como a co-produção promovida pelo festival em que participa o cineasta Brilhante Mendoza, que em Cannes apresentou em competição o seu bravo e tocante Ma’Rosa. 

 Encarado como o próximo Hayao Miyazaki, Mamoru Hosoda deu nas vistas com a animação Digimon Adventure (1999), produzida pelos estúdios Toei. Foi ainda autor de Summer Wars (2009), exibido na secção Geração do festival de Berlim, e Wolf Children (2012), bem como autor de O Rapaz e o Monstro(2015), que se converteu no maior sucesso de bilheteira no Japão o ano passado e que estreou também em Portugal, em Abril passado, tendo também estado em competição no Festival de San Sebastian. Já Shunji Iwai impôs já no segmento juvenil a sua “estética Iwai”, em filmes como Love Letter (1995), responsável pela sua projecção internacional, bem como All About Lily Chou-Chou (2001) e ainda Hana & Alice (2004). O seu sucesso mais recente é A Bride for Rip Van Winkler (2016).

Entretanto, um dos principais eventos preparados para o TIFF é a estreia do Asian Three-Fold Mirror, a primeira co-produção do festival, numa iniciativa do Japan Foundation Asia Center para “promover a colaboração entre os cineastas da região”. Um projeto que junta o cambojano Sotho Kulikar, a japonesa Isao Yukisada e ainda o filipino Brilhante Mendoza, que irá também apresentar em competição o seu novo filme, Ma’Rosa, exibido também na competição para a Palma de Ouro, vindo mesmo a conquistar o prémio de interpretação feminino para Jacklyn Rose.

Uma outra secção que irá debutar este ano no TIFF é Japan Now, incluindo filmes japoneses que não podem estar presentes na secção competitiva por já terem estreado no Japão ou em outros países. O cineasta em foco será precisamente Shenji Iwai, realizador de Love LetterEle que regressou este ano à imagem real com Bride For Rip Van Winkler, depois de Hana & Alice.    

 o TIFF está a aceitar inscrições para a Secção Competitiva até 8 de Julho. Ver detalhes em www.tiff-jp.net

Sobre Paulo Portugal 811 artigos
Insider Cinema, festivais, entrevistas e críticas. E algo mais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*


Google Analytics